ETF de Bitcoin: o que é e como funciona?

Nos últimos dias, um assunto tem chamado a atenção tanto dos entusiastas de criptoativos quanto dos investidores clássicos da bolsa de valores: os ETFs de criptomoedas.

Recentemente, a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) listou ativos dessa classe pela primeira vez na história, embora os ETFs listados tenham sido apenas baseados em contratos futuros.

Essa notícia gerou um impacto tão grande no mercado que, no dia da listagem do primeiro ativo da categoria, o Bitcoin atingiu o maior valor da história.

Por esse motivo, criei esse artigo para que você possa aprender tudo sobre ETF de criptomoedas e não fique para trás. Boa leitura!

O que é um ETF?

Antes de adentrar no assunto das criptomoedas, é necessário compreender o que é e como funciona um ETF, independentemente de sua classe.

ETF a sigla de Exchange Traded Funds que, em tradução livre, significa “Fundos de Investimentos Indexados”.

Resumidamente, essa é uma categoria de ações na bolsa de valores que funciona captando recursos para aplicar em algum índice de referência, como por exemplo o Ibovespa e o S&P 500.

Em outras palavras, um ETF é uma forma de ter acesso a uma carteira de ações diversificada realizando o aporte em apenas um código de negociação.

Existem ETFs que acompanham índices dos mais diversos setores — empresas de aviação, redes sociais, dentre outros, mas o assunto da vez são os ETFs de criptomoedas.

Muito popular nos Estados Unidos, ETFs ainda não são o tipo de ação com mais destaque no Brasil, mas já existem fundos dessa categoria bem consolidados no cenário nacional, como é o caso do exemplo a seguir:

A ação IVVB11, listada na B3, tem como referência o índice S&P 500. O S&P 500 é um índice americano composto pelos quinhentos ativos mais importantes listados na duas maiores bolsas dos EUA, a NYSE e a Nasdaq.

Ou seja, ao realizar um investimento na ação IVVB11 na Bolsa de Valores, você estará exposto à flutuação do valor de mercado das quinhentas maiores empresas dos Estados Unidos — desde seu lançamento, em 2014, a ação IVVB11 valorizou mais de 450%.

Como funciona um ETF de criptomoedas?

Embora sejam novidade, ETFs de criptomoedas já atraem milhares de investidores em todo o mundo. No ano de 2021, a B3 (Bovespa) implementou os primeiros ativos dessa categoria, confira os principais:

HASH11: lançado em abril de 2021 e primeiro ETF cripto da B3, este fundo é composto atualmente pelas criptomoedas Bitcoin, Ethereum Litecoin, Chainlink, Filecoin, Uniswap, Bitcoin Cash e Stellar.

QBTC11: lançado em junho deste ano, o QBTC11 é o primeiro ETF da B3 composto apenas por Bitcoin.

Na prática, ETFs de criptomoedas costumam replicar carteiras e fundos de investimento de bolsas do exterior, como a Nasdaq, proporcionando aos seus investidores a exposição aos mesmo ativos que o fundo original.

No entanto, existem dois tipos de ETFs de criptomoeda: os baseados no mercado à vista, também chamados de “ETF Spot” e os ETFs baseados no mercado futuro, categoria dos ETFs listados neste mês na Bolsa de Nova York.

Até o momento, apenas ETFs de futuros de Bitcoin são negociados na NYSE

Qual a diferença entre um ETF à vista e de futuros?

ETF Spot: baseados no mercado à vista, estes ativos rastreiam o preço do Bitcoin em corretoras, como a Brasil Bitcoin, e sua negociação funciona da mesma forma que a compra de cotas em fundos de investimento.

Ao investir em produtos dessa categoria, a gestão do fundo faz a aquisição de unidades de Bitcoin e os mantém sob custódia, ou seja, seu investimento fica lastreado em Bitcoin.

ETF de futuros: o investimento em contratos futuros de Bitcoin é feito normalmente em bolsas de commodities, e seu preço não acompanha a cotação atual do Bitcoin, pois nesta classe de ativos a especulação é feita a partir do valor em que o Bitcoin custará na data de vencimento do contrato.

Muitos investidores rejeitam os ativos desta categoria, tendo em vista que estes fundos não são respaldados por Bitcoins reais, e sim por derivativos.

Se você não sabe como funcionam os contratos futuros, sua negociação funciona da seguinte forma:

Quando uma pessoa compra ou vende um contrato futuro, ela está assumindo uma posição no mercado. Essa posição pode ser de “comprado” ou “vendido”, a depender da estratégia adotada.

Assim sendo, quem está comprado lucra com a alta na cotação do ativo e quem está vendido lucra com a queda. Além disso, também é possível operar alavancado no mercado de futuros.

Onde é melhor investir em Bitcoins?

Neste tópico, iremos abordar os prós e contras de investir em Bitcoin numa corretora e na bolsa de valores, para que assim você possa decidir a melhor opção para investir:

Horário: só é possível negociar ETFs no pregão da bolsa — que ocorre de segunda à sexta, das 10h às 17h — enquanto o mercado de criptomoedas funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Taxas e tributação: para investir na bolsa de valores, é necessário arcar com taxas de administração, corretagem e custódia. Além disso, no mercado de ações, é necessário pagar uma alíquota de 15% sobre o lucro, independentemente do valor negociado.

Em contrapartida, ao negociar criptomoedas em uma corretora, as taxas são de negociação e saque — que, na Brasil Bitcoin, são de apenas 0,5% — e você está isento de tributação caso venda abaixo de R$ 35 mil por mês.

Variedade: diferentemente de ETFs e fundos na bolsa, onde seu investimento fica alocado apenas nas moedas que a gestão do fundo selecionou, em exchanges você pode vender ou trocar seus ativos a qualquer momento, diversificando seu portfólio da maneira que preferir.

Conclusão

Por mais que o investimento em criptomoedas por uma corretora seja mais atrativo, não se pode negar que o mercado de ações possui grande impacto na cotação do Bitcoin e demais criptomoedas.

Felizmente, para o futuro, a perspectiva é que o Bitcoin ganhe cada vez mais espaço no mercado “tradicional”, o que é ótimo para todo o ecossistema digital.

Na Brasil Bitcoin, você pode começar a investir nas principais criptomoedas com apenas R$ 20,00.
Não perca tempo e invista agora com as menores taxas e o melhor suporte do Brasil!