Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Humorista Daniel Zukerman fala sobre Bitcoin: ‘Cantei a bola em 2009’

O repórter e humorista Daniel Zukerman, integrante do Pânico na Rádio, participou a última terça-feira (22) da 282ª edição do Flow Podcast.

O humorista, que ficou conhecido pelo seu personagem ‘Impostor‘ no antigo Pânico na TV, citou novamente o Bitcoin em suas conversas, e demonstrou estar inteirado no assunto.

A conversa

O assunto sobre as criptomoedas começou quando Zukerman questionou Igor e Monark, hosts do Flow, sobre o método de enviar dinheiro ao programa. Confira o trecho:

Então, Monark explica que o método utilizado são os bits. Para enviar uma mensagem patrocinada, por exemplo, é necessário pagar 20 mil bits (algo em torno de R$ 1200).

Os bits são créditos virtuais da plataforma de streaming Twitch e, apesar do nome sugestivo, funcionam como créditos de um jogo, ou seja, não tem nada a ver com o Bitcoin.

Ainda nesse assunto, Monark diz que posteriormente abandonarão esse sistema para terem sua própria moeda, apelidada por eles de ‘FlowConha‘ — uma brincadeira com a palavra coin e o fato da maconha estar sempre presente no podcast.

O investimento em criptomoedas

Depois desse momento, Zukerman falou sobre a sua experiência com as criptomoedas:

Esse negócio de criptomoeda sempre você fala ‘puts, mano, eu tinha que ter comprado (…), você sempre tem um sentimento de se arrepender de não ter entrado no bagulho (sic).

Ademais, o humorista demostrou conhecer relativamente o assunto. Citou a Nano, criptomoeda que subiu incríveis 33.900% em 2018 e a suposta criptomoeda do Ronaldinho Gaúcho, acusada de pirâmide financeira.

O destaque da conversa foi quando Zukerman disse que ‘cantou a bola’ sobre Bitcoin em 2009 para Emílio, criador do Pânico.

E, embora ele tenha feito suspense sobre ter ou não comprado a moeda, o próprio Emílio disse, em 2017, que havia ficado rico com Bitcoin junto com o humorista:

Eu fiquei rico com Bitcoin, você acredita nisso? Eu e o Daniel Zukerman. Quando a gente começou, a gente até perdia Bitcoin, hoje em dia a gente não sabe o que fazer com tanta Bitcoin. Ele que me deu a dica. Em 2010 a gente entrou e tá bombado esse negócio. Tô muito feliz, nunca pensei que isso fosse virar o que virou.

Confira o trecho no vídeo:

Um destaque relevante para o assunto é que o trecho citado na matéria foi o “corte” mais assistido do episódio com o Daniel Zukerman, que atingiu mais de 1 milhão de visualizações, o que demonstra a relevância do Bitcoin no interesse popular atualmente.

Gostou do conteúdo? Então inscreva-se na nossa newsletter e receba semanalmente atualizações, dicas e relatórios sobre o Bitcoin. Você não vai se arrepender!

Deixe um comentário