Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Brasil Bitcoin atinge a marca de 100 mil clientes (e é só o começo)!

100 mil! Sim, esse número esteve em voga recentemente, afinal, fazem poucos dias que o Bitcoin atingiu a cotação de R$ 100 mil pela primeira vez.

Essa marca é motivo de alegria para os entusiastas do Bitcoin, pois representa a recuperação de um Bitcoin que, desde 2017, não crescia de forma tão expressiva.

Mas, por incrível que pareça, na Brasil Bitcoin a comemoração dos 100K foi em dose dupla!

Coincidentemente, na mesma semana em que o Bitcoin atingiu sua máxima histórica em reais, a Brasil Bitcoin atingiu o número de 100.000 usuários registrados na plataforma. Parece mentira, né?

VEJA TAMBÉM: Brasil Bitcoin é a primeira exchange a aceitar o PIX no Brasil.

A conquista

Essa marca é muito relevante, e não poderia vir em melhor momento! Por isso, perguntamos ao Marco, CEO da Brasil Bitcoin, como ele se sente após essa conquista:

É uma alegria sem tamanho. Mesmo em um ano de pandemia, quando muitos negócios faliram, o número de usuários na plataforma aumentou mais de 100%. Termos figurado tão bem em um período de dificuldade financeira global é reflexo dos nossos esforços em, todos os dias, projetarmos funcionalidades novas e sempre aprimorarmos as nossas qualidades: atendimento, inovação, segurança… com certeza estamos apenas no começo!

Marco Castellari, CEO.

E, de fato, o trajeto da empresa é de tirar o chapéu. Começamos no início de 2018, com investimento zero. A equipe? Apenas dois amigos programadores, entusiastas das criptomoedas.

Mesmo assim, com fidelidade aos pilares que nos diferenciam dos demais, após 2 anos e 10 meses de existência conseguimos chegar nesse marco tão expressivo.

Ademais, agora em diante, fica a dúvida: Será que essa coincidência irá se repetir? O que será que vem antes: Bitcoin a R$ 1 milhão ou 1 milhão de usuários na plataforma?

Não sabemos, mas esperamos que ambos aconteçam em breve! 😁🚀

Para receber novidades, dicas e relatórios sobre o mercado do Bitcoin e as criptomoedas, inscreva-se em nossa newsletter!

Deixe um comentário